Ir para o conteúdo

Prefeitura de Votuporanga e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Votuporanga
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Instagram
Rede Social Tik Tok
Rede Social Twitter
Rede Social WhatsApp
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
29
29 JAN 2024
GABINETE
SAÚDE
576 visualizações
Dengue grave e arboviroses: médicos especialistas da USP realizam treinamento com profissionais de saúde de Votuporanga
enviar para um amigo
receba notícias
Dengue grave e arboviroses: médicos especialistas da USP realizam treinamento com profissionais de saúde de Votuporanga
 
Dr. Benedito Antônio Lopes da Fonseca e Dra. Silvia Nunes Szente Fonseca compartilharam conhecimentos e experiências sobre as doenças causadas pelo Aedes aegypti
 
A Secretaria da Saúde de Votuporanga ofereceu, nesta segunda-feira (29/1), um treinamento sobre Dengue grave e outras arboviroses, como Chikungunya e Zika, para médicos, enfermeiros e residentes que atuam na rede pública de saúde com o Dr. Benedito Antônio Lopes da Fonseca, que atualmente é professor associado da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP); e com a Dra. Silvia Nunes Szente Fonseca, pediatra com residência pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
 
Durante todo o dia, o médico, que é mestre em Epidemiologia e Saúde Pública e doutor em Virologia Molecular pela Universidade de Yale (EUA), transmitiu conhecimentos sobre os casos graves da Dengue e a importância do diagnóstico precoce para sobrevida do paciente.
 
Já a Dra. Silvia Fonseca abordou sobre os reflexos dessas arboviroses em crianças. Ela também é mestre em Epidemiologia e Saúde Pública pela Universidade de Yale (EUA) e especialista em Doenças Infecciosas Pediátricas. Atualmente, é diretora regional de Controle de Infecção Relacionada à Assistência no Sistema Hapvida, revisora técnica da Infection Controle and Hospital Epidemiology, revista oficial da SHEA - Society For Healthcare Epidemiology of America - e da revista Antimicrobial Stewardship and Healthcare Epidemiology.
 
O prefeito Jorge Seba e a secretária da Saúde, Ivonete Félix, acompanharam o treinamento realizado no auditório do Sest Senat. “Estamos investindo na capacitação da nossa equipe médica e de enfermagem para a luta contra a Dengue. Convidamos dois renomados infectologistas, referências na USP, para discutirmos questões cruciais no combate à Dengue, Chikungunya e Zika. Esta capacitação é de extrema importância na busca por conhecimento, que é a principal arma na luta contra essas doenças”, disse o prefeito.
 
Boletim Epidemiológico
Segundo boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (29/1), neste ano, até o momento, Votuporanga já registrou 122 casos positivos de Dengue (sendo 6 do tipo DENV3) e um óbito (mulher, 71 anos, do São Cosme). Além disso, outros 497 casos estão sob investigação. Falando sobre Chikungunya, até o momento, Votuporanga contabiliza um caso positivo e quatro aguardam resultado de exames. Diante do cenário de aumento no número de casos, a Secretaria da Saúde emitirá, a partir de agora, boletim epidemiológico semanalmente.
 
Medidas de combate à Dengue
Com o objetivo de continuar o trabalho de prevenção, que é realizado durante o ano todo pela Prefeitura de Votuporanga, recentemente, a Secretaria da Saúde anunciou novas medidas de enfrentamento e combate à Dengue como, campanhas de conscientização, ampliação do horário de visitas domiciliares pelos agentes de saúde, convocação de mais agentes de saúde, aquisição de novos equipamentos que auxiliarão no combate ao mosquito, entre outras ações.
 
“Lembrando que é fundamental o apoio, a colaboração e compreensão de toda a população para que esse trabalho possa ser uma força-tarefa em conjunto e, principalmente, que os moradores permitam a visita domiciliar dos Agentes de Endemias”, disse a secretária da Saúde, Ivonete Félix.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia