06/07/2022

Votuporanga conquista 200 casas da CDHU

O convênio foi assinado pelo prefeito Jorge Seba no dia 30 de junho, em São Paulo; Votuporanga também caminha com o desfavelamento, outro programa habitacional que busca dar moradia digna para famílias que moram há mais de 50 anos nas regiões do Matarazzo, Esmeralda, Alvim Algarve, Olímpio Formenton e Pró-Povo

O prefeito Jorge Seba anunciou nesta terça-feira (5/7), a conquista de 200 casas populares da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo) para Votuporanga. O convênio com o Governo do Estado de São Paulo foi assinado no último dia 30 de junho. A conquista é uma reivindicação antiga dos moradores e registrada por meio de indicação do vereador Mehde Meidão Slaiman Kanso.

“Esse é um sonho para todos nós e que fico muito feliz em ver sendo realizado. Assim, caminhamos para diminuir o déficit habitacional, garantindo moradia digna e própria para quem ainda não tem. Enfim, é mais uma meta que estava em nosso Plano de Governo e que estamos conseguindo colocar em execução”, comemorou o prefeito Jorge Seba.

Nos próximos dias, Seba e a equipe da Secretaria de Planejamento e Habitação concluirão a entrega das documentações solicitadas para que sejam avançadas para novas etapas e detalhes apresentados para toda a população.

Casa Verde Amarela
Recentemente, Votuporanga também foi contemplada com 755 unidades habitacionais do programa Verde Amarela, do Governo Federal. Para que as casas sejam construídas no município, com administração pela iniciativa privada, a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Votuporanga aprovaram a ampliação do perímetro urbano do município, tendo em vista que a área onde está previsto o conjunto habitacional fica às margens da vicinal Hebert Vinícius Mequi. O projeto apresentado inclui casas que terão cerca de 50 metros quadrados com sala, cozinha, banheiro e dois quartos, além de lotes comerciais e urbanização no local, entre outras melhorias que impactarão no desenvolvimento da cidade.

Desfavelamento
Outro programa habitacional em andamento em Votuporanga é o desfavelamento. Depois de mais de 50 anos, as famílias que moram nas regiões do Matarazzo, Esmeralda, Alvim Algarve, Olímpio Formenton e Pró-Povo já podem contar com a realização do sonho de terem a sua casa própria. Na última semana, durante visita à CDHU, o prefeito Jorge Seba foi informado que o projeto urbanístico já foi aprovado e que o processo segue à Graprohab (Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais), que é o órgão estadual de aprovação de conjuntos habitacionais.

As famílias selecionadas já receberam visitas da equipe da Secretaria Municipal de Planejamento e Habitação, que levou orientações sobre o processo de entrega de documentações e algumas regularizações que precisam ser realizadas.

Voltar