05/04/2022

Prefeitura abre novo período de inscrições para castração gratuita de cães e gatos

Interessados devem se inscrever exclusivamente pelo site da Prefeitura

O Centro de Proteção da Vida Animal da Prefeitura de Votuporanga comunica que estão abertas as inscrições para castração gratuita de cães e gatos. A nova etapa de inscrições segue até o preenchimento das mil vagas disponíveis. A iniciativa visa manter o controle populacional desses animais e tem como foco atender famílias de baixa renda.

As inscrições podem ser realizadas, exclusivamente, pelo site da Prefeitura, através do link www.votuporanga.sp.gov.br/novo/pag.php?pag=221 . O tutor ou responsável interessado em castrar seu animal deve atender aos critérios do programa: ter renda mensal familiar de até dois salários mínimos ou estar cadastrado em algum programa social. Cada família poderá castrar até dois animais.

Outra orientação do CPVA é que os animais deverão estar aptos para castração, sem pulgas, carrapatos ou qualquer sinal de outras doenças. Todos passarão por avaliação de médico veterinário e se não estiverem em bom estado de saúde não poderão ser submetidos ao procedimento.

Após a inscrição, os interessados serão chamados para preencher um cadastro com informações mais detalhadas do tutor e dos animais como nome, espécie, raça, cor, idade, porte e vacinação. Mais informações podem ser obtidas com o CPVA através do número 3405-9700, ramal 9828, das 9h às 15h.

Objetivo do programa
O programa de castração da Prefeitura de Votuporanga tem por objetivo o controle populacional e, por meio dele, o combate ao abandono e aos maus-tratos. O programa prioriza a castração de fêmeas caninas e felinas, sem deixar de atender também os animais machos.

As castrações realizadas nesta contam com recursos destinados pelo Deputado Estadual Delegado Bruno Lima e também pelo Governo do Estado. A expectativa é que uma nova fase de castrações também seja iniciada em breve.

O CPVA solicita que todas as pessoas que possuam animais evitem crias indesejadas até que seja possível realizar a castração. Essa medida pode ser adotada por meio de separação das fêmeas e machos ou por meios contraceptivos, desde que indicado por médico veterinário. Portanto, para que esse controle populacional seja eficiente, é fundamental o apoio de toda a população.

Voltar