11/01/2022

Medidas preventivas: Secretaria da Saúde envia ofício para diversos setores econômicos de Votuporanga

Atendendo ao pedido do prefeito Jorge Seba, ofícios foram encaminhados para supermercados, academias, restaurantes e representantes do comércio e da indústria; conscientização é importante para conter o avanço do vírus

Em Votuporanga, a Secretaria Municipal da Saúde segue intensificando os trabalhos de enfrentamento e combate à Covid-19. Entre as ações determinadas pelo prefeito Jorge Seba, diante do aumento de casos, que também é registrado em outras regiões do mundo, o envio de ofícios para supermercados, restaurantes, academias e representantes do comércio e da indústria, com orientação de medidas preventivas que precisam ser intensificadas.

“Todos esses estabelecimentos são importantes parceiros nesse combate, já que recebem inúmeras pessoas. Eles podem nos ajudar reforçando alguns cuidados e também contribuindo na sensibilização, para que todos voltem a aderir ações como uso correto de máscara, higienização das mãos e respeito ao distanciamento social”, explicou a secretária municipal da Saúde, Ivonete Félix.

O ofício que começou a ser enviado nesta terça-feira (11/1) relembra as ações que precisam ser seguidas para a segurança sanitária de clientes e equipe de trabalho, como o distanciamento de no mínimo um metro entre as pessoas em filas e também nas dependências do estabelecimento. Também é preciso disponibilizar álcool em gel 70%, aferição da temperatura corporal, além da obrigatoriedade do uso de máscara.

O documento reforça ainda que é preciso intensificar a higienização periódica de equipamentos e estruturas de uso comum, como aparelhos de academia, carrinhos e cestas de supermercados, máquinas de cartão. Entre as medidas preventivas, também estão manter o ambiente ventilado, com portas e janelas abertas, além de espalhar cartazes sobre a exigência do uso da máscara conforme o Decreto Estadual 64.959, de 4 de maio de 2020.

Na última semana, a Prefeitura de Votuporanga publicou um novo decreto com regras para a realização de eventos, como formaturas, casamentos, entre outros. Organizadores que descumprirem as normas poderão ser multados, como as autuações aplicadas no sábado (8/1), pelas equipes de Vigilância Sanitária e Fiscalização.

Voltar