Digite mais de 2 letras para pesquisar.
Institucional
Tamanho do Texto
A-
A+

Conheça Votuporanga


História

Em 28 de dezembro de 1936 a Companhia Agrícola Francisco Schimidt S/A que vinha enfrentando dificuldades financeiras em virtude das crises enfrentadas pela cultura cafeeira, quita suas dívidas com a empresa exportadora alemã Theodor Wille & Cia, entregando-lhe em dação de pagamento duas glebas de terras, uma delas a Fazenda Votuporanga, totalizando 11.340,14 alqueires, encravadas na Fazenda Marinheiro de Cima, no município de Tanabí, Comarca de Monte Aprazível.

A empresa alemã constitui a Empreza Paulista Para Retalhar Terras com a finalidade de lotear as áreas adquiridas e nos primeiros dias de fevereiro de 1937 envia para a região os engenheiros Guilherme Von Trumbach e Otto Rittl, que auxiliados pelo Sr. Pascoal Albanese morador em Tanabí e por sua sugestão reservam uma parte da área, destinando-a à formação de um núcleo, uma futura vila.

No dia 14 de março do mesmo ano, cavaleiros partem da sede da fazenda em busca do local ideal para a nova vila e no caminho encontram a placa da antiga fazenda, estava escolhido o nome: Votuporanga por sugestão do Sr. Sebastião Almeida de Oliveira. 

Para o empreendimento foi reservada uma área de 30 alqueires e traçado 12 quarteirões, praças e ruas e no dia 8 de agosto de 1937, com direito a churrasco, banda, catira, muitos discursos e com a benção de um cruzeiro pelo padre Izidoro Cordeiro Paranhos, estava inaugurada a Vila de Votuporanga.

Em 1º de janeiro de 1945 a Vila recebe os foros de cidade e é elevada à categoria de Município, sendo nomeado como primeiro prefeito o cartorário de Américo de Campos, Sr. Francisco Vilar Horta e em 13 de junho de 1945 é instalada a Comarca sendo nomeado como primeiro juiz de direito do dr. Nelson Ferreira Leite.


Nome

VOTU = ar, brisa e PORANGA = belo, bom, bonito.

Bons Ares, Bons Ventos, Brisas Suaves.

INAUGURAÇÃO

A grande festa contou com a presença de autoridades, centenas de pessoas de todas as classes sociais vindas de localidades vizinhas. Durante a solenidade houve discurso, música com banda musical e uma missa campal em um altar improvisado celebrada por Padre Izidoro Cordeiro Paranhos, representando o Bispado de São José do Rio Preto. Durante a festa foi servido um grandioso churrasco para todos os presentes.

PRIMEIROS MORADORES

Otto Rittl, Gunther Hermann Friederch Schamal, Dr. Gilberto Sampaio Vidal, Sebastião Almeida de Oliveira, Sebastião de Lima Braga, Germano Robach, Demétrio Acácio de Lima, Abílio Franco, Wolfrang Weringer, Francisco de Vilar Horta, José Abdo, Germano Pernica, Braz Vita, Júlio Gonçalves, Nicola Consolo, Jorge Homsi, Roque Januzzi, João Evangenlista de Castro, Basílio Almeida de Oliveira, Minervina do Santos, Margarida Maschi Baliano, Cecílio Cordeiro Paranhos e muitos outros.

  

A FERROVIA

 

A Estrada de Ferro Araraquarense (E.F.A) – Fepasa – foi inaugurada em 05 de fevereiro de 1945, no governo de Getúlio Vargas. O governador do Estado era Sebastião Nogueira de Lima.

 

A instalação dos trilhos ficou parada em Cosmorama por dois anos até chegar a Votuporanga. O primeiro chefe da Estação de Trem da cidade foi Narciso Martins. Somente quatro anos depois a estrada férrea chegou a Valentim Gentil.


Em cinco de março de 1958 foi implantada a linha de “bitola larga”, tornando a viagem para São Paulo mais rápida.

 

Em janeiro de 1997 a linha de passageiros foi desativada.

Tamanho do Texto
A-
A+
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Twitter
Facebook